Boletim Informativo ACIA em Ação: Revisão na Tarifa de Energia – O Setor Produtivo Vai Pagar a Conta?

A conta de energia em Goiás deve fica mais cara nos próximos dias e o maior reajuste será para os industriais que a cada dia perde competitividade devido ao alto custo de produção.

A energia pode subir em média 15,72%, a homologação do reajuste será definida no dia 23 de outubro próximo pela Agência Nacional de Energia Elétrica. O percentual exato está sendo discutido em reuniões e audiências públicas e será a média dos reajustes para os consumidores residenciais (baixa tensão) até agora calculado em 12,12% e industriais (alta tensão), com previsão de 24,65%.