ACIA e COMDEFESA-GO buscam articular Polo Tecnológico de Anápolis

Na manhã desta quarta-feira, dia 30, o presidente Anastacios Apostolos Dagios; os vice-presidentes da ACIA, Cleide Marques e Ronaldo Miranda, vários diretores da Entidade e os membros do Comitê de Assuntos de Defesa da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (COMDEFESA-Goiás) estiveram em reunião com o prefeito de Anápolis Roberto Naves, o objetivo foi encontrar soluções para a implantação do Polo Tecnológico de Anápolis e Centro de Aquisição do Ministério da Defesa.

O presidente Anastacios Apostolos Dagios fez o histórico de todo trabalho desenvolvido pelo COMDEFESA-GO e também apresentou ao chefe do executivo municipal as principais metas traçadas para este ano.

O presidente explicou que o Governo Federal já declarou forte interesse na implantação do Centro de Aquisição do Ministério da Defesa na cidade de Anápolis, pois avaliou a diminuição dos custos para manutenção e deslocamento dos militares. Para isso o presidente Anastacios alertou que o momento é de que haja um empenho ainda maior por parte tanto da prefeitura de Anápolis quanto do Governo do Estado de Goiás para resolução de vários gargalos, sobretudo sobre a disponibilização de espaço físico.

O presidente pontuou ainda que além dos países que já procuraram a ACIA com interesse em conhecer o Projeto do Polo, as embaixadas de Israel e Estados Unidos também manifestaram interesse, com a reserva de agenda.

Sobre a implantação do Parque Tecnológico de Anápolis há um projeto em andamento na Universidade Estadual de Goiás, entretanto foi classificado como um projeto de médio e longo prazo e devido ao forte interesse de empresas, instituições de ensino e Ministério da Defesa, se faz a necessária a criação de um projeto que propicie implementação imediata.

Os membros do COMDEFESA-GO; Cel. Av. reserva Cícero Ceccato, Profº. Claúdio Stacheira e o diretor de meio ambiente, Baltazar José dos Santos colocaram reforçaram tal urgência, uma vez que
Anápolis corre o risco de perder estas empresas para outras cidades, principalmente pelo não funcionamento do Aeroporto de Cargas e Plataforma Logística Multimodal. “As empresas querem vir para Anápolis, mas é necessário preparar o berço”, pontuou o coronel.

O prefeito Roberto Naves esclareceu que para liberação do Aeroporto de Cargas existem muito problemas sérios, tanto de infra-estrutura como na liberação da pista pelos Órgãos competentes e que não há previsão por parte do Governo Estadual para a resolução destes problemas.

A solução apontada pelo chefe do executivo foi a elaboração de projetos que não dependam do Governo do Estado para a implementação no município, também fez o compromisso de disponibilizar uma ou mais áreas pertencentes ao município para a instalação do Centro Tecnológico de Anápolis.

Sobre o Centro de Aquisição o prefeito informou que tem compromisso de realizar a criação de um Distrito Industrial Municipal e que pretende atender, principalmente, as empresas da área de defesa e que para isso está buscando uma área que atenda às necessidades das indústrias e que caiba no orçamento da prefeitura, mas torce ainda pela disponibilização do terreno de parte da Plataforma Logística para tal finalidade.

O presidente Anastacios Apostolos Dagios encerrou o encontro afirmando que o prefeito Roberto Naves continua como membro honorário do COMDEFESA-GO e que toda agenda do Comitê lhe será informada com antecedência, bem como a discussão dos projetos de 2019.

Conheça o COMDEFESA-GO clicando aqui.

http://www.aciaanapolis.com.br/polodedefesa/fieg-e-acia-criam-comite-de-assuntos-de-defesa-comdefesa-go/