Perspectivas para o Crescimento de Anápolis

O Secretário Estadual de Indústria, Comércio e Serviços, Wilder Morais, participou da Reunião Ordinária desta quarta-feira (21) na sede da ACIA. No encontro sinalizou parceria com ACIA e prefeitura para implantação do Parque Tecnológico no Centro de Convenções da cidade.

A Associação Comercial e Industrial de Anápolis, ao longo de seus 83 anos, tem sido protagonista das principais ações que envolvem o desenvolvimento econômico da cidade e região e mais uma vez, as discussões do futuro da cidade passam pela diretoria da Entidade.

Tão logo o novo Secretário de Indústria e Comércio e Serviços, Wilder Morais, foi empossado, o presidente Anastacios Apostolos Dagios oficializou convite para visita a Anápolis e participação na 63ª Reunião Ordinária (Biênio 2017/2019).

O presidente Anastacios agradeceu a atenção do secretário afirmando que em menos de dez dias em que tomou posse já recebeu a diretoria da ACIA e os membros executivos do Comdefesa-GO para atendimento a importantes pleitos. Com base em dados divulgados pelo Instituto Mauro Borges, o presidente afirmou que nos últimos anos Anápolis cresceu quatro vezes menos que Aparecida de Goiânia, três vezes menos que Rio Verde e duas vezes menos que Catalão. Apontou como causa da estagnação da cidade a morosidade ao atendimento ao empresariado que tem recebido muitos “nãos” devido a burocracias das administrações públicas tanto municipal como estadual, e que por isso “Anápolis tem pressa”, afinal tem importantes obras concluídas e entregues, mas que não estão em funcionamento por falta de regulamentação.

O secretário Wilder Morais abriu a palestra afirmando que um passo importante para o melhor atendimento aos empreendedores foi a retomada da pasta que assumiu o status de secretaria, “agora se tem com quem falar”, pontuou. Ele afirmou que está atento às necessidades de Anápolis e que uma vez atendidas vai impulsionar o desenvolvimento regional, entre as principais estão; os funcionamentos do Aeroporto de Cargas, Plataforma Logística Multimodal E Centro de Convenções; além do Leilão da Ferrovia Norte-Sul (agendado para o dia 28 de março, do qual o governo participa ativamente), retomada das obras do Anel Viário da cidade, paralisadas devido a denúncias de irregularidades; além da resolução dos inúmeros problemas do Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA).  “Ao destravarmos estes assuntos o impulso em Anápolis será muito grande, com efeito em escala, pois a melhora na economia contribui para melhorar a segurança pública”, afirmou o secretário.

O secretário afirmou que a fase é de estudo das questões jurídicas e das propostas para implantação de funcionamento desses empreendimentos e que recebeu de maneira muito positiva a sugestão da ACIA e do Comdefesa-GO para implantação do Parque Tecnológico no Centro de Convenções da cidade. De maneira geral, apontou que para gestão de todos os empreendimentos aposta em parcerias e concessões junto à iniciativa privativa para melhor atendimento à população.

O Diretor da ACIA para Assuntos das Indústrias Farmacêuticas e Diretor Executivo do Sindifargo, Marçal Henrique Soares, afirmou que está fazendo a intermediação de possível implantação de um Laboratório Fitoterápico em Anápolis, mas que está com muitas dificuldades quanto ao atendimento às questões de licença, sobretudo ambientais. A vice-presidente da ACIA Cleide Marques fez a colocação de que já o interesse de venda de hotéis na cidade devido ao prejuízo causado pelo não funcionamento do Centro de Convenções, o que está gerando prejuízos para o setor hoteleiro. Também apontou que mesmo com o interesse em se realizar eventos no espaço, não há como realizar contratação por não haver um responsável pelo Centro de Convenções. O senhor Jorge Bezerra desabafou que todos os anapolinos desejam que finalmente estas importantes obras estejam em pleno funcionamento.

O secretário garantiu que irá atender a todas as demandas e que não deixará nenhuma empresa sem resposta e que defende alterações na legislação para que as licenças sejam simplificadas. Sobre o Centro de Convenções reafirmou que a parceria com a ACIA e iniciativa privada é uma das melhores soluções apontadas, mas é necessário analisar as questões jurídicas para que se tenha legalidade. Na oportunidade anunciou, que juntamente com autoridades municipais, diretores da ACIA e membros executivos do Comdefesa-GO irá visitar o Parque Tecnológico de São José dos Campos que será usado como referência para implantação do Parque goiano.

Além do Secretário Wilder Morais, participaram da 63ª Reunião Ordinária da ACIA cerca de 120 pessoas, entre empresários, imprensa, comunidade em geral e autoridades, entre elas, o ex-presidente da ACIA, Luiz Medeiros Pinto; o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Adriano Baldy; o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral; e os vereadores Lélio Alvarenga e Teles Júnior.  O presidente Anastacios afirmou que o momento é de confiança por parte do empresariado de que finalmente Anápolis deixe de ser a cidade do “não” para investimentos e volte a dizer “sim” aos interessados em permanecer e se instalarem na cidade de modo a retomar o crescimento econômico.