ACIA e COMDEFESA-GO Esclarecem Sobre Polo de Defesa de Anápolis

A fim de detalhar as ações e andamento dos projetos apresentados ao Governador Ronaldo Caiado com o objetivo de implantação do Polo da Indústria de Defesa e Segurança em Anápolis, o presidente da ACIA e do Comdefesa-GO, Anastacios Apostolos Dagios, esteve reunido com âncoras das principais rádios de Anápolis, Márcio Cândido (Imprensa), Nilton Pereira (Imprensa e Jornal Contexto), Lucivan Machado (Manchester) e Edmilson Almeida (São Francisco). Os membros do COMDEFESA-GO, Baltazar José dos Santos, o consultor Sóstenes Arruda e o Cel. ExBr. Jorge Alberto Colpo também estiveram presentes. O encontro ocorreu na tarde desta quinta-feira, dia 28 de março.

O presidente Anastacios explicou que o pleito do Centro de Convenções para o projeto tem como objetivo a implantação em parte do prédio, da 1ª Etapa de um Parque Tecnológico em parceria com UEG e com a presença de outras universidades em apoio ao Polo da Indústria de Defesa e Segurança, enquanto a outra parte do prédio continuará como Centro de Convenções.

O projeto de Implantação do Polo da Indústria de Defesa e Segurança tem recebido manifestações de interesse e o incontinente apoio do Ministério da Defesa.

No dia 11 de março último reuniram com o Governador Ronaldo Caiado e os seus principais Secretários, da Indústria e Comércio Wilder de Morais, de Tecnologia e Inovação Adriano Rocha Lima, o COMDEFESA-GO, o Prefeito de Anápolis, Roberto Naves; o Deputado Estadual Amilton Filho, o Deputado Federal também membro do Comdefesa, Major Vitor Hugo, o Deputado Federal Adriano do Baldy e o presidente da FIEG Sandro Mabel. Na oportunidade, o Projeto do Parque Tecnológico de Anápolis foi apresentado, amplamente discutido e aprovado pelo Governador que determinou o andamento dos procedimentos para a sua consecução, tendo como partes integrantes o Centro de Convenções, parte da área de Plataforma Multimodal e do Aeroporto Internacional de Cargas e a adoção de uma política fiscal para o seguimento. O presidente ressaltou a importância do Parque Tecnológico a fim de atender a Tríplice Hélice (Empresas, Estado e Academia) para consolidação do Polo da Indústria de Defesa e Segurança, uma recomendação do modelo preconizado pelo Ministério da Defesa.

Discutido com a equipe de Governo, sobre a cessão do Centro de Convenções, o modelo sugerido foi a concessão a uma Associação, no caso a ACIA é a que mais se adequa ao caso.

Estudos realizados pelo COMDEFESA-GO e pela ACIA já foram elaborados e encaminhados à equipe de Governo na última sexta-feira, dia 22.  No momento está em discussão os detalhes da concessão do Centro de Convenções e dos demais componentes do pleito, já aprovado pelo Governador do Estado.