COMDEFESA-GO Recebe Homenagem do Exército em Visita ao Forte Santa Bárbara

Dando continuidade ao Projeto de consolidar Goiás e a cidade de Anápolis como polo estratégico para o fornecimento de serviços e produtos ao Ministério da Defesa e também melhor conhecer o Sistema de Defesa e Segurança Nacional, o Comitê da Indústria de Defesa e Segurança de Goiás, COMDEFESA-GO, organizou uma delegação ao Comando de Artilharia do Exército, Forte Santa Bárbara, em Formosa-GO, na última terça-feira, dia 20.

Também com o objetivo de aproximar o Exército da comunidade, o comandante do Forte, General de Brigada, Valério Luiz Lange, além de conduzir a apresentação do Forte e o Sistema Astros 2020, fez questão de conhecer cada um dos cerca de 20 visitantes.

Participaram do grupo membros das Forças Armadas, o deputado federal Major Vitor Hugo, membros da Federação do Estado de Goiás (FIEG), da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA); representantes da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG), ALA 2 (Base Aérea de Anápolis), Ministério da Defesa, Câmara Municipal de Anápolis e imprensa Anapolina.

O Superintendente da FIEG, João Carlos Gouveia, afirmou que essa aproximação com o Exército é fundamental para o entendimento de suas reais necessidades e assim os empresários poderem supri-las.

O agente de mercado do Senai Roberto Mange, Adiel Santana, destacou que já foi iniciado parceria com o Forte para contribuições na área de alimentação, também a gerente da Unidade, Misclay Marjorie, informou que já existe parceria entre as instituições quanto à formação de recrutas do Exército em cursos técnicos, o projeto “soldado cidadão”, que tem como finalidade proporcionar uma qualificação profissional aos militares temporários, possibilitando melhores condições de ingresso no mercado de trabalho ao término do serviço militar. A gerente também colocou a unidade à disposição para oferecer cursos voltados ás demandas do Forte em 2021.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Anápolis, Álvaro Otávio Dantas Maia e os vice-presidentes, Ronaldo Miranda e Cleide Marques, ratificaram a tradicional parceria da ACIA com o Exército, a vice-presidente Cleide sugeriu elaboração de estudo e projeto com contribuição de ambas as partes a respeito da logística e transporte das vacinas contra o covid-19.

Parceria com Universidade Garante Diferencial do Projeto Astros

O comandante Lange e sua equipe apresentaram o Forte, a cidade de Formosa, explicando que o local foi escolhido por ser de localização estratégica, as viaturas do Astros, os foguetes e mísseis, e a metodologia de treinamento e manutenção de todo sistema que vai além das delimitações do Forte, entre eles o trabalho de dissuasão extrarregional. Ou seja, a capacidade que tem uma Força Armada de desestimular a concentração de forças hostis junto à fronteira terrestre e às águas jurisdicionais e a intenção de invadir o espaço aéreo nacional, possuindo a capacidade de neutralizar qualquer possível agressão ou ameaça, antes mesmo que elas aconteçam, “só o míssil tático de cruzeiro tem alcance de 300 km”, explicou.

Somado a isso o Exército brasileiro fez uso de uma força tática diferenciada, o conhecimento de jovens universitários. Foi realizada uma parceria com a Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, que possibilita a simulação de estratégias e ações, poupando tempo e recursos. O Exército patrocinou o Projeto e em cinco anos os resultados apareceram com o desenvolvimento de um software específico para o Astros.

O Coronel Luis Felipe Garcia Fernandes, do Ministério da Defesa (MD), além de destacar que dos sete projetos estratégicos do MD, três estão em Goiás, o Forte, o Comando de Operações Especiais em Goiânia e a ALA 2 em Anápolis; chamou a atenção para a importância da parceria “quem desenvolveu isso aqui foram meninos e meninas da universidade, não foram militares, e nós temos que fazer mais disso no Brasil todo, principalmente aqui em Goiás”, enfatizou.  

COMDEFESA-GO é Homenageado

O comandante Lange agradeceu e ressaltou o importante papel que o COMDEFESA-GO tem desempenhado e que o Exército já começa a colher frutos importantes das ações do Comitê. Registrou que a atuação de seu vice-presidente, Wilson de Oliveira, junto à Enel foi fundamental para garantir a segurança energética do Forte e que as Forças Armadas tiveram uma economia significativa ao comprar as viaturas no Estado de Goiás, fazendo uso do incentivo fiscal para a área de segurança e defesa, pleito do Comitê junto ao governo do estado. Ou seja, somente nessa negociação o Estado de Goiás arrecadou uma quantia significativa em impostos (que perderia se não tivesse o incentivo) e o MD fez uma economia significativa na aquisição.

No centro desses avanços está o COMDEFESA-GO, que se destaca pelo protagonismo de reunir um grupo heterogêneo de especialistas. Por isso foi homenageado com a Medalha do Comando de Artilharia do Exército, o Cel. Res. Jorge Alberto Colpo, que desempenha papel fundamental de interlocução entre a comunidade e o Exército também recebeu homenagem especial.

Coordenaram a visita o membro executivo, Baltazar José Santos e o presidente do COMDEFESA-GO e Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Anastacios Apostolos Dagios, que devido a uma urgência de última hora não pode estar presente. O Drº Baltazar afirmou que Anápolis e o Estado de Goiás estão em sintonia com as Forças Armadas e que há ainda um grande potencial a ser explorado.

O Cel. Av. Cícero Ceccato, que também faz parte do COMDEFESA-GO, sugeriu uma pista de Anápolis como estratégia de logística do Exército e o membro honorário do Comitê, deputado federal Major Vitor Hugo, ao reiterar seu apoio às Forças Armadas informou que para o Comando de Operações Especiais do Exército em Goiânia, conseguiu destinar cerca de R$ 1 milhão em recursos neste ano e está disposto a contribuir com o Forte Santa Bárbara em 2021.  

Forte Santa Bárbara – Comando de Artilharia do Exército

Inicialmente sediado em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, o Comando de Artilharia do Exército, composto por dois Grupos de Mísseis e Foguetes e outras três organizações militares de apoio, em janeiro deste ano, oficialmente fixou sua sede em Formosa (GO), local escolhido estrategicamente.

O Comando de Artilharia do Exército é o responsável pela artilharia de mísseis e foguetes das Forças Armadas, empregando os mais modernos sistemas de defesa existentes no mundo, entre eles o Projeto Astros 2020.

Leidiana Batista – Jornalista
ASCOM/ACIATec