Esperança para vencer o COVID-19: VACINAÇÃO

vacinacao

Descoberto em 2019, um misterioso vírus “paralisa” e impacta o mundo. Estudos apontam que o COVID-19 teve sua origem em Wuhan, e foi transmitido de animais para pessoas. A partir de então, o vírus se espalhou sem controle e causou uma pandemia com um assustador número de mortes.

Por causa da doença, o Brasil soma hoje (19/03) mais de 11 milhões de casos e mais de 280 mil mortes, além de uma drástica redução na economia do país, gerando a curto e longo prazo prejuízos e escassez. 

Especialistas do mundo todo buscaram a solução para enfrentamento da doença. E diante de tanto estudo, observaram que não há nenhum tratamento preventivo, o que existe são medidas preventivas para evitar a transmissão e contaminação. Porém, em meio ao caos, surgiu também uma esperança: a VACINA, a  “única solução eficaz” para evitar ainda mais mortes. 

A imunização para os grupos prioritários, entretanto, enfrenta alguns obstáculos como a desinformação, a disseminação das fakes news e o negacionismo. Acontece que todas essas “justificativas” são fortemente combatidas na comunidade científica, uma vez que é praticamente uníssono o entendimento que a imunização é segura e eficaz contra a COVID-19. Ou seja, prevenção e vacinação são os únicos recursos disponíveis no momento para o combate à doença.

A VACINAÇÃO EM ANÁPOLIS

Em Anápolis-GO, até a presente data, somam-se mais de 25 mil casos confirmados e mais de 600 mortes, sendo que o contágio é maior entre pessoas de 30 a 39 anos e 20 a 29 anos. Na cidade, as vacinas já estão disponíveis em duas doses para profissionais da saúde que atuam na “linha de frente” e também para idosos com 74 anos ou mais. 

As pessoas desses grupos devem se cadastrar no Zap da Prefeitura disponível no site, acesse clicando aqui. E na data marcada devem comparecer até um ponto de vacinação. É simples e seguro. A vacina é uma conquista da ciência sobre o negacionismo, pode ser um fôlego para a economia e traz esperança para o futuro. Pedimos informações à SEMUSA da quantidade de pessoas que já foram vacinadas em Anápolis, mas não tivemos retorno.

Cresce no Brasil a conscientização sobre a importância de vacinar-se, aumentando também o número de brasileiros que pretendem tomar a vacina mesmo que ela não seja obrigatória. A ACIA – Associação Comercial e Industrial de Anápolis esclarece que vem buscando ações com o Poder Público Municipal e Estadual para minimizar os efeitos da pandemia no setor econômico.

Lembre-se: use máscara, evite aglomerações, use álcool gel, e se puder, tome a vacina!